FPAA E CAU/PR apresentam Programa de Cidades para a CBIC

A Federação Pan-americana de Associações de Arquitetos (FPAA) e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR) apresentaram o Programa de Cidades do Pacto Global das Nações Unidas para a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

O Programa de Cidades da ONU tem foco na melhoria da qualidade de vida com a colaboração intersetorial em muitas esferas da vida urbana: econômica, ecológica, política e cultural.

A exposição do Programa para o presidente da CBIC, José Carlos Rodrigues Martins, foi realizada pela articuladora do Pacto Global, Rosane de Souza. Ainda participaram da reunião o articulador institucional do Pacto Global, Plínio Rosa, a assessora jurídica do CAU/PR e diretora do Departamento Paraná do Instituto de Arquitetos do Brasil, Cláudia Dudeque, e o presidente da FPAA, João Suplicy.

A FPAA congrega associações de 32 países do continente americano, não tem fins lucrativos e é a  única entidade de arquitetos entre as cinco Innovating Partner do Programa de Cidades do Pacto Global da ONU. A ideia é conseguir novos signatários como a CBIC, que também é uma organização sem fins lucrativos. “A CBIC faz parte do Pacto Global, mas não está dentro do Programa de Cidades da ONU. O aceno do presidente para a adesão foi bastante positivo. Entidades de arquitetos e da indústria da construção devem aproximar-se em prol do benefício das cidades”, apontou Suplicy.

O que é o Pacto Global?

O Pacto Global é uma iniciativa desenvolvida pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan, com o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção refletidos em alguns princípios. Essa iniciativa conta com a participação de agências das Nações Unidas, empresas, sindicatos, organizações não-governamentais e demais parceiros necessários para a construção de um mercado global mais inclusivo e igualitário. Hoje, já são mais de 5.200 organizações signatárias articuladas por 150 redes ao redor do mundo.

Para saber mais sobre o Programa de Cidades da ONU, clique aqui.