Igreja de Cristo Operário e Nossa Senhora de Lourdes em Atlántida

A Igreja de Cristo Obrero e Nossa Senhora de Lourdes em Atlántida, Uruguai, concebida pelo engenheiro Eladio Dieste em 1952, foi proclamada Património Mundial pela UNESCO. A obra, caracterizada pela utilização de tijolo exposto que gera abóbadas e paredes onduladas, é uma das grandes jóias da arquitectura sul-americana. Mais informações no site da SAU, clicando no link do nosso perfil.

A Igreja de Cristo Obrero y Nuestra Señora de Lourdes em Atlántida, Uruguai, concebida pelo engenheiro Eladio Dieste em 1952, foi declarada Património Mundial pela UNESCO. O edifício, caracterizado pelo uso de tijolo exposto para gerar abóbadas e paredes onduladas, é uma das jóias da arquitectura sul-americana.